InícioCalendárioMembrosGaleriaRegistrar-seConectar-seBuscarGruposFAQ

Compartilhe | 
 

 Lydia lobinha

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Lydia Bulstrode

avatar

Mensagens : 105
Data de inscrição : 11/01/2015

MensagemAssunto: Lydia lobinha   Ter Mar 08, 2016 2:30 am


Três semanas isolada de qualquer contato humano, sozinha em uma floresta no meio do nada, vivendo em uma barraca tendo os livros como sua única companhia. Lydia estava à beira de enlouquecer. Não que os últimos tempos em Hogwarts tivessem sido tão diferentes, com todos se afastando dela, mas estar completamente só era uma novidade com a qual estava demorando a se acostumar. Para ela, que sempre tivera tudo que queria em mãos sem esforço algum, ter que se virar sozinha não estava sendo nada fácil. Mas pelo menos estava conseguindo se concentrar em seus estudos, pois era a única coisa que realmente tinha para fazer ali. Aos poucos, ela sentia-se mais forte, menos debilitada pela poção mata-cão que ia saindo aos poucos de seu sistema, Não estava nem de longe recuperada, sabia que precisaria de mais tempo, três meses foi o que Greyback dissera, e aquele era apenas o primeiro, mas só de saber que não tomaria novamente a poção já lhe deixava mais confiante. A última noite de lua crescente chegou logo, e assim que o dia amanheceu, Lydia pegou o papel em que tinha anotado o paradeiro do refúgio de Lobisomens do qual Fenrir lhe falara. Extremo oeste da fronteira com a Escócia. Floresta isolada. Olga. Esperava que fosse informação suficiente para fazer uma chave de portal, usando um pedaço de graveto que pegara no chão. Depois de enfeitiçar o objeto, tocou-o com receio, sentindo o puxão no umbigo e um frio na barriga adicional pelo medo daquilo dar errado. Pisou no chão e abriu os olhos para se encontrar em uma floresta similar à que estivera antes, porém um pouco mais fria e menos úmida. Parecia não ter nada ali, e a menina vagou por um tempo, se perguntando se teria mesmo ido parar no lugar certo, até que se deparou com um grupo de rapazes fortes, que pararam imediatamente ao vê-la. Pôde sentir imediatamente os olhares deles passando por seu corpo, sabendo que sua aparência, de calça colada, salto e maquiagem, destoava claramente do ambiente, mas não se intimidou, empinou o nariz e se aproximou deles com um passo firme. - Por acaso sabem onde encontro Olga? - perguntou, mantendo seu ar superior, e os rapazes a conduziram até o local.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fenrir Greyback

avatar

Mensagens : 64
Data de inscrição : 09/12/2014

MensagemAssunto: Re: Lydia lobinha   Dom Mar 13, 2016 1:36 pm




Estava sentada em seu escritório relaxando um pouco após o dia cheio. Olga era responsável pelos lobos recém treinados, aqueles que tinham acabado de sair do último campo de treinamento e estavam enfim aptos a se juntarem oficialmente à matilha. Depois de longos períodos fechados nos campos eles precisavam de um período de imersão, quando eram supervisionados na transição de volta para o mundo real. E maldito dia em que Greyback a colocou ali, treinar lobos nas campos para serem selvagens era muito mais divertido que aquilo.
Olhou furiosa para a porta quando ouviu a batida e mandou que o idiota que a incomodou entrasse. Teve que respirar fundo para não matá-los ao ouvir o que disseram. Levantou-se sem dizer uma palavra e foi até a sala que antecedia seu escritório. - Saiam. - disse aos lobos e esperou fecharem a porta antes de se aproximar da menina. Mesmo com seus saltos altos Lydia Bulstrode era mais de uma cabeça menor que Olga descalça. A mulher estava com roupas simples, um vestido vinho liso de alças que arrastava no chão e os cabelos escuros e ondulados caíam até o meio das costas. Tendo uma mãe nativa do Afeganistão, a pele da mulher era de um tom marrom não muito escuro que realçava os olhos verdes herdados do pai russo.
Observou a menina da cabeça aos pés notando sua postura prepotente e riu baixo, fazia mesmo o tipo de Fenrir. - Estava esperando você. Não agora, óbvio. - deixou mostrar sua irritação - Mas é bom que tenha vindo. Não queria ter que te arrastar até aqui.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lydia Bulstrode

avatar

Mensagens : 105
Data de inscrição : 11/01/2015

MensagemAssunto: Re: Lydia lobinha   Seg Mar 14, 2016 12:21 am


Os rapazes a conduziram pelo campo de treinamento até uma sala em que ela esperou enquanto eles chamavam a tal Olga. A mulher era bem alta, ao menos para os padrões de Lydia, que tinha que levantar o pescoço para olhá-la nos olhos, e tinha uma beleza exótica. Suas palavras, porém, fizeram a garota arquear uma sobrancelha e torcer os lábios. - Ninguém me arrasta a lugar algum. E não é culpa minha se seu chefe é burro demais para entender que, se tive o trabalho de ir até ele perguntar sobre este lugar, é porque eu tinha a intenção de vir. - desdenhou, sem perder uma chance de alfinetar Greyback, mesmo quando ele não estava presente.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fenrir Greyback

avatar

Mensagens : 64
Data de inscrição : 09/12/2014

MensagemAssunto: Re: Lydia lobinha   Dom Abr 24, 2016 11:56 am




Conteve a risada que lhe veio com as palavras de Lydia. Poderia ter dito que ela estava constantemente sendo observada, mas preferiu deixá-la acreditar que controlava alguma coisa ali. Virou as costas e seguiu pela porta aberta de volta ao escritório sentando-se na escrivaninha - Não me interessa o que você perguntou ou quais as suas intenções. Meu trabalho é evitar que você faça merda na lua cheia te encaminhando daqui pra central. - disse num tom neutro enquanto escrevia uma carta curta endereçada a Greyback - Vai ter amiguinhos recém transformados para te fazer companhia por lá. - amarrou a carta a uma coruja empoleirada na janela do cômodo e imediatamente a ave partiu. Voltou-se novamente para a garota - Não estamos longe da central, em algumas horas você já vai estar indo para lá. Alguma pergunta? - concluiu de braços cruzados olhando para Lydia com uma certa impaciência.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lydia Bulstrode

avatar

Mensagens : 105
Data de inscrição : 11/01/2015

MensagemAssunto: Re: Lydia lobinha   Seg Jun 06, 2016 9:28 pm


Merlin, aquela mulher não se cansava de ser chata? Pra ser amarga e sem graça daquele jeito, devia estar com teias de aranha na buceta há um bom tempo. Também, pudera. Lydia revirou os olhos quando ela disse que teria “amiguinhos recém transformados”, e cruzou os braços frustrada quando soube que ainda levaria algumas horas até que fosse para a central. - Só uma pergunta: vou ter que esperar essas horas presa aqui com você, ou tem algum lugar mais agradável onde eu possa ficar até lá? - perguntou, torcendo o nariz numa leve expressão de nojo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fenrir Greyback

avatar

Mensagens : 64
Data de inscrição : 09/12/2014

MensagemAssunto: Re: Lydia lobinha   Qui Jun 30, 2016 1:28 pm




Greyback estava cada dia mais impaciente com a ausência de informações sobre Lydia. Mandou que Olga a vigiasse de longe e todas as suas cartas sempre diziam a mesma coisa, que tudo andava sob controle. Apesar de ter sido uma loba acuada quando foi recebida na matilha, a russa se tornou um poço de petulância ao longo dos anos, sabia perfeitamente como irritar Fenrir e se não fosse sua comptência estaria em uma posição muito inferior.
Decidiu ir até ela então para ter mais detalhes de seu trabalho e teve a melhor surpresa de todas. Na saleta antes do escritório de Olga estava Lydia, com aquelas roupas e a atitude irreverente que o deixavam louco. - Pode ficar comigo, se vai ser agradável pra você ou não aí é problema seu. - disse se aproximando das duas. - Eu cuido dela, depois falo com você. - disse a Olga e mal ouviu sua resposta antes que ela batesse a porta do escritório atrás de si.
Pegou Lydia pelo braço e a arrastou até a lareira do cômodo, jogou o pó de flu nas chamas e assim que disse o local para onde iam se juntou a elas segurando a garota firme pela cintura. Ao sair da lareira se encontravam em uma enorme sala com paredes feitas de pedra, uma mesa enorme com cadeiras ao redor feitas de madeira grossa assim como o resto da mobília. - Depois te levo até aonde você vai ficar na lua cheia. - disse sentando-se em uma das cadeiras - Mas agora você vai me falar se ainda sente muito o efeito da poção mata-cão. Dependendo disso vou saber se esse mês preciso te acorrentar. - exibiu um sorriso insinuante no final da frase e correu os olhos rapidamente por seu corpo.


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lydia Bulstrode

avatar

Mensagens : 105
Data de inscrição : 11/01/2015

MensagemAssunto: Re: Lydia lobinha   Dom Set 11, 2016 10:59 pm


Arqueou as sobrancelhas quando Greyback entrou no cômodo, revirando os olhos para as palavras dele, apesar de sentir certo alívio por ele ter feito Olga retirar sua presença desagradável dali. Assim que a mulher se retirou, porém, Lydia se pôs a resmungar. - Na verdade, eu preferia ficar sozinha aqui do que com voc… Ai! - se interrompeu quando ele a puxou para a lareira. Era inútil tentar resistir à força dele, um braço daquele homem tinha praticamente o diâmetro de sua cintura, chegava a ser ridículo. Enfim, eles entraram na lareira e saíram em uma sala de teto alto e móveis de madeira maciça. Estreitou os olhos então com as palavras do lobisomem. - Você não ousaria me acorrentar, seu cão fedorento! E, para sua informação, estou muito bem. Não tenho mais vomitado e tenho dormido melhor, embora minha força e disposição continuem uma bosta. - disse, sentando-se de forma displicente na mesa em frente a ele, balançando as pernas.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fenrir Greyback

avatar

Mensagens : 64
Data de inscrição : 09/12/2014

MensagemAssunto: Re: Lydia lobinha   Ter Set 20, 2016 8:46 pm




Revirou os olhos com o comentário dela - Exatamente porque ainda é fraca que não posso te soltar por aí. - lembrou-se de quando ele era recém transformado e tentou buscar a pouca paciência que ainda tinha para lidar com a ignorância de Lydia no assunto. - Esse mês ainda vai ficar isolada na lua cheia e não adianta tentar argumentar. - já cortou o protesto que certamente viria dela - É a sua primeira lua cheia em abstinência da poção, garanto pra você que vai ser fácil. - continuou um tanto mais sério com as memórias de sua época usando a poção mata-cão. Se distraiu, então, com as pernas da garota balançando à sua frente e fez um grande esforço para não agarrá-la imediatamente.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lydia Bulstrode

avatar

Mensagens : 105
Data de inscrição : 11/01/2015

MensagemAssunto: Re: Lydia lobinha   Ter Set 20, 2016 9:30 pm


Seu rosto se converteu em uma perfeita expressão de frustração e birra quase infantil com a resposta dele, a expressão fechada e um leve biquinho nos lábios. - Mas que merda, Greyback. Olha, até aceito ficar isolada, não estou mesmo interessada em correr com sua matilha ou alguma estupidez semelhante, mas se fosse pra ficar acorrentada e trancafiada em uma sala, eu não teria saído de Hogwarts. Pelo menos me diz que vou ter algum espaço de verdade, é o mínimo que você pode fazer pra começar a me pagar por ter feito isso comigo. - protestou, sua voz firme como se ela tivesse realmente algum poder ali, encarando o homem sem hesitar. Não deixou de reparar os olhos dele em seu corpo, aqueles olhos de cão faminto que despertavam uma parte louca e levemente incontrolável dentro dela.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fenrir Greyback

avatar

Mensagens : 64
Data de inscrição : 09/12/2014

MensagemAssunto: Re: Lydia lobinha   Ter Set 20, 2016 9:54 pm




Riu da reação dela e levantou-se ficando bem próximo a sua frente. - Não vou te acorrentar, pelo menos não por esse motivo. E quanto ao seu espaço depois eu decido quanto você merece. Precisa me convencer de que vai ser uma boa lobinha. - apoiou-se na mesa com uma mão de cada lado de Lydia - Mas acredite em mim, você vai me agradecer daqui a algum tempo. Já estive no seu lugar, Lydia. Te entendo mais do que você imagina.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lydia Bulstrode

avatar

Mensagens : 105
Data de inscrição : 11/01/2015

MensagemAssunto: Re: Lydia lobinha   Qua Set 21, 2016 3:35 am


Revirou os olhos quando ele disse que ela teria que provar que merecia, definitivamente algo com que ela não estava acostumada, afinal nascera merecendo tudo. Não demonstrou se afetar com a proximidade dele, ou ao menos tentando, afinal era difícil controlar os olhos que percorreram o corpo dele por um segundo. Ainda assim, sua frustração com a situação superava a atração insana que ele exercia sobre si. - Se quer que eu te agradeça, me explica por que não vai ser fácil, me conta como foi com você, qualquer coisa. Eu já me cansei de pesquisar sobre isso nos livros, eles não ajudam nada, são todos escritura por gente que às vezes nem chegaram a ver um lobisomem de perto, então se realmente quer me ouvir agradecer, pare de me tratar como se eu fosse uma criança de castigo e me dê algo que possa mesmo ajudar. - disse, deixando seu tom de voz revelar bem mais sinceridade do site geralmente se permitia revelar a ele.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fenrir Greyback

avatar

Mensagens : 64
Data de inscrição : 09/12/2014

MensagemAssunto: Re: Lydia lobinha   Qua Set 21, 2016 10:30 am




Foi surpreendido com a sinceridade dela, até então sua relação com Lydia se limitava a sexo e implicâncias, mas já imaginava que as circunstâncias pediriam uma postura diferente de ambos. - Se quer tanto informação devia parar de ser tão teimosa e aceitar toda a ajuda que você tem. - disse num tom mais agressivo antes de recuperar a paciência - A poção adormece seus instintos, ela basicamente te transforma em um cãozinho mal adestrado. Quando você fica em abstinência não tem a poção pra te controlar, mas também não tem força nem experiência pra ter um autocontrole decente. - falava sério com o corpo um pouco mais afastado dela. Era estranho usar sua postura mais profissional com ela, mas àquela altura era necessário ter esse posicionamento com Lydia, ainda mais dentro da sede - Mas pra você ainda não vai ser tão ruim. Eu passei quase um ano e meio usando a poção, a abstinência é mais... complicada. É como se não tivesse controle algum sobre seu corpo; faz coisas sem sentido, age como uma criança descontrolada e às vezes mata quem não devia matar.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lydia Bulstrode

avatar

Mensagens : 105
Data de inscrição : 11/01/2015

MensagemAssunto: Re: Lydia lobinha   Qua Set 21, 2016 7:19 pm


Nem se dignou a responder a primeira frase dele, apenas arqueou uma sobrancelha em despeito. Ora, se ela não estava aceitando ajuda, então não sabia o que estava fazendo. Mas não discutiu, pois ele começou a realmente lhe dizer o que ela pediu, então prestou atenção em suas palavras. Fazia sentido, e era uma informação útil, nada mal. Ultimamente, ela tentava não gastar muita energia pensando no que sua vida se transformara, mas naquele momento foi impossível: la estava ela, tendo uma conversa esclarecedora e mais ou menos civilizada com Fenrir Grayback, alguém que poucos meses atrás era só um corpo forte com quem transar, e antes disso era nada mais que um pedaço imundo de escória. E lá estava ela prestes a aceitar sua ajuda e proteção. Que loucura. Quando ele terminou de falar, ela passou um breve segundo considerando suas palavras, antes de retrucar: - Faz coisas sem sentido, tipo… arriscar sua posição pra transformar uma aluna sem nenhum motivo aparente? - provocou, arqueado uma sobrancelha, com um tom de deboche e o mais ínfimo torcer nos lábios, que nem chegava a ser propriamente um sorriso.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fenrir Greyback

avatar

Mensagens : 64
Data de inscrição : 09/12/2014

MensagemAssunto: Re: Lydia lobinha   Dom Set 25, 2016 6:11 pm






Estreitou os olhos para ela e se aproximou um pouco mais - Vou te contar uma coisa, Lydia. Você e eu somos os únicos que sabem quem te transformou na verdade, e eu sou o único que sabe realmente porque você foi transformada. Eu posso muito bem mudar as suas memórias e então esse segredo vai estar completamente guardado comigo. Mas eu estou te dando a chance de provar que não é inútil pra mim. - cercou o pescoço de Lydia com a mão apertando quase o suficiente para que ela ficasse sem ar - Até porque, se você abrir a boca eu duvido que alguém vá ouvir você, uma garotinha de 15 anos desesperada por ter virado lobisomem, ao invés de mim. E nós não somos muito gentis com traidores, como você deve imaginar. - exibiu um sorriso cínico ao terminar de falar e então soltou o pescoço da menina.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lydia Bulstrode

avatar

Mensagens : 105
Data de inscrição : 11/01/2015

MensagemAssunto: Re: Lydia lobinha   Dom Set 25, 2016 7:30 pm


Surpreendeu-se apenas um pouco com a mão dele se fechando em seu pescoço, a luta por conseguir ar de alguma forma fazendo que ela prestasse ainda mais atenção em suas palavras. Havia então um motivo secreto pelo qual ela fora transformada? Aquilo a intrigou, mas a irritação por sua última frase tomou conta dela quando ele finalmente a soltou, e num impulso, rápido demais até para que ela mesma se impedisse, sua mão estava voando para acertar o rosto dele com um tapa. - Eu não sou inútil, e muito menos burra, e não vou tolerar suas ameaças estúpidas! Não sou uma maldita fofoqueira, acha que eu diria o que disse se não estivéssemos sozinhos? Eu sei muito bem que você culpou um de seus homens e o matou, e sei muito bem que isso não é coisa que se espalhe. Você realmente pensa que não quero entrar para sua matilha por alguma implicância infantil? Eu não confio em você, Greyback, e não serei um dos seus peões para ser descartada quando você fizer merda. Só estou aceitando sua ajuda porque é o único que pode me oferecer isso, mas depois estou fora, e não serei uma garotinha de 15 anos pra sempre, então é melhor prestar atenção com o que diz comigo. - falou, encarando-o sem pestanejar, impulsionada pela raiva. Sim, ele podia matá-la naquele momento, apenas com as mãos, mas de alguma forma Lydia sabia que ele não faria isso, e ainda se fizesse ela preferia perder a vida do que perder seu orgulho e dignidade.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fenrir Greyback

avatar

Mensagens : 64
Data de inscrição : 09/12/2014

MensagemAssunto: Re: Lydia lobinha   Dom Set 25, 2016 8:05 pm




Esperou que ela terminasse de falar para devolver o tapa, não filtrou sua força e nem a ajudou quando caiu no chão. - Oh, certo. Então agora me diga, já que é tão esperta: quantas matilhas você conhece que trabalham do lado do Lorde das Trevas? Uma, Lydia. Há apenas uma. Então eu vou ser bem claro, ou você está do nosso lado ou está contra nós. Boa sorte em tentar ser uma lobisomem decente sem os meus treinamentos, me surpreenderia se você passasse mais de um ano viva sem ser considerada traidora. - perdia gradualmente a calma aumentando o tom de voz - E se te consola de alguma forma, eu não culpei Horrick sem motivos, ele realmente fez merda e sofreu por merecer. Se eu o executei foi por um bom motivo, não me livro dos meus lobisomens sem razão alguma se eles são competentes no que fazem. Então cale a sua boca que você não sabe nem metade do que acontece aqui dentro. - deu uma pausa para se recompor antes que arrancasse a cabeça dela fora. Continuou então olhando firme para ela, visivelmente ainda com raiva apesar de menos explosivo - Você é uma lobisomem agora, e filha de um comensal. Isso te faz automaticamente minha responsabilidade. E eu não vou deixar você sujar meu nome, Lydia. Não quer ser um peão? Então comece a agir como alguém responsável, porque eu também não confio nenhum pouco em você e até agora tudo o que eu vejo é uma menininha mimada, prepotente, inconsequente e perdida. Não me dê motivos pra te transformar em um peão ou em um cadáver. - andou para longe dela e pegou uma garrafa de whiskey de fogo em um armário, respirando fundo antes de continuar - Aliás, eu te levei pra enfermaria depois de ter sido transformada, te ajudei a fugir de Hogwarts e ainda coloquei a minha lobisomem mais confiável pra te vigiar. E mais, estou aqui perdendo meu tempo pra te ajudar. Considerando isso tudo, se você não confia em mim, e ao mesmo tempo transa comigo, então isso é sim uma implicância infantil. - falava com um ar mais controlado contando os fatos nos dedos. Sentou-se então novamente em uma cadeira e bebeu um longo gole da bebida para tentar amenizar toda a dor de cabeça que Lydia estava lhe trazendo.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lydia Bulstrode

avatar

Mensagens : 105
Data de inscrição : 11/01/2015

MensagemAssunto: Re: Lydia lobinha   Dom Set 25, 2016 9:07 pm


Mesmo cega pela raiva, ela tinha plena consciência de que o tapa que dera não seria de graça, não foi nenhuma surpresa receber um de volta. A dor invadiu seu corpo, o impulso da mão dele tão grande que ela foi arremessada da mesa direto para o chão, sentindo o gosto metálico do sangue em sua boca. As palavras dele, porém, eram mil vezes mais difíceis de engolir que aquele tapa. Levantou-se, permanecendo calada enquanto era praticamente espancada com as palavras dele. Não tinha nem como responder, sabia que tudo que ele dizia era verdade, e ela seria idiota se ignorasse aquilo. Deixou seu corpo afundar em uma das cadeiras de madeira, seus olhos grudados em Greyback, prestando atenção em cada detalhe. Era claro que ele estava se esforçando muito para controlar a raiva, por isso ela sabia que era melhor não o provocar. - Desculpa, tá bom? Talvez eu esteja mesmo sendo um pouco infantil, mas… porra, você fodeu com a minha vida de tantas formas! É difícil simplesmente confiar em você depois daquela noite do beco, na verdade é difícil até suportar sua presença sem me sentir insegura. Falo essas merdas só por orgulho e despeito, ok? Mas não venha enumerar o que você fez depois de me morder como se isso pagasse sua dívida, nada pode pagar isso, e me deixa muito puta você agir como se tivesse me fazendo um favor. De qualquer jeito, não precisa se preocupar em me matar por causa disso, vou me comportar, e já estou superando toda essa merda, então pode relaxar esses seus músculos sarados e guardar essa força pra outra coisa, tá? - falou, sua voz um misto de frustração e resignação.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fenrir Greyback

avatar

Mensagens : 64
Data de inscrição : 09/12/2014

MensagemAssunto: Re: Lydia lobinha   Seg Set 26, 2016 11:04 am




Se surpreendeu quando ouviu seu pedido de desculpas, se não estivesse tão puto teria sorrido com aquilo. Não esperava que Lydia fosse baixar a guarda tão rápido e começou pensar que talvez fosse valer a pena investir nela. Uma parte de si dizia que não podia culpar a garota por estar com tanta raiva, ele mesmo teve reações parecidas quando foi transformado e demorou ainda mais tempo que ela para largar a poção mata-cão. - Primeiro, estou sim te fazendo um favor só por continuar aqui conversando com você, se fosse outro lobo recém transformado eu ia simplesmente te levar pro prédio aonde ficam os novatos e deixar outra pessoa cuidar da conversa. - bebeu mais um gole - Mas eu não acho que isso vai pagar alguma dívida simplesmente porque não existe dívida. Você age como se ser lobisomem fosse o pior castigo que alguém pode sofrer, como se isso te tornasse inferior. Mas logo você vai ver que bruxos comuns são muito mais fracos que nós, só pelo fato de que podemos fazer tudo o que eles fazem e ainda mais. - resolveu parar o discurso por ali, poderia continuar por horas enaltecendo a raça dos lobisomens, mas iria deixar que Lydia experimentasse mais desse novo mundo para sentir tudo aquilo que ele queria dizer na própria pele. - Mas então, pra que você sugere que eu use toda a força dos meus músculos? - disse por fim com uma expressão mais descontraída e ofereceu da bebida a ela.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lydia Bulstrode

avatar

Mensagens : 105
Data de inscrição : 11/01/2015

MensagemAssunto: Re: Lydia lobinha   Seg Set 26, 2016 4:15 pm


Revirou os olhos com o que ele disse sobre os lobisomens. - Pode me poupar da sua propaganda barata. Um lobisomem pode ter força física ou o caralho a quatro, mas é um mestiço, o que o faz inferior socialmente. Ainda acho que você me deve  no mínimo  por me ter feito perder a família e os amigos… E, pro bem ou pro mal, ter a vida completamente mudada da noite pro dia não é exatamente o resultado que se espera de uma trepada casual. - disse, já menos acuada e voltando ao do tom desrespeitoso de sempre. Um meio sorriso surgiu em rosto então, quando ele perguntou o que devia fazer com os músculos, e ela se pegou mordendo o próprio lábio para tentar em vão conter a lascívia. Filho da puta, como ele fazia aquilo? Ela devia ter algum tipo de síndrome de Estocolmo, era a única explicação para já estar  se perguntando se aquela mesa era tão resistente quanto parecia… Mas não ia ver tão fácil, a resistência também fazia parte do jogo. - Uma boa ideia seria usar eles pra ir se foder e me deixar em paz, o que acha? - debochou, endireitando sua postura na cadeira e cruzando as pernas.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fenrir Greyback

avatar

Mensagens : 64
Data de inscrição : 09/12/2014

MensagemAssunto: Re: Lydia lobinha   Sex Set 30, 2016 8:41 pm




Riu da resposta dela, uma reação bem típica de sua personalidade. Deixou o assunto de lado, ela ainda era muito inexperiente pra entender certas coisas e não valia a pena se importar.
Notou a mordida e o sorriso, mesmo discreto, que surgiu nos lábios dela após sua pergunta e ergueu as sobrancelhas com as reações tão imediatas. Alargou o sorriso ao ouvi-la falar, claro que ela iria mostrar resistência. Levantou-se então indo guardar novamente a garrafa no armário após mais um gole, voltou andando na direção de Lydia e parou na frente dela. Usou o encosto da cadeira como apoio e curvou o corpo para falar bem próximo do ouvido da garota, a barba grossa roçando em seu pescoço - Vou te deixar sozinha então. - moveu uma das mãos para segurar seu rosto e o analisou - Deve estar muito fraca, pobrezinha. - deixou mão cair passando pelo pescoço e roçando no seio dela antes de afastar o corpo num movimento rápido. - Já que você está muito frágil então eu já te levo pro seu canil agora e procuro outro brinquedo mais funcional pra me ocupar. - disse mostrando a ela o caminho da porta.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lydia Bulstrode

avatar

Mensagens : 105
Data de inscrição : 11/01/2015

MensagemAssunto: Re: Lydia lobinha   Ter Nov 15, 2016 12:26 am


Não conseguiu evitar o arrepio que percorreu seu corpo com a voz em seu ouvido e a barba roçando seu pescoço. A proximidade a fez esquecer da resistência e ofegar de leve com os dedos percorrendo sua pele. Em sua mente, queria matar aquele filho da puta por ter esse efeito nela. Quando ele se afastou, porém, ela voltou a si e conseguiu voltar à postura convencida e impassível. - Faz bem. Não que eu esteja realmente frágil, mas não sou brinquedo algum, é melhor que vá incomodar outra pessoa. - provocou, impertinente, sem se mover do lugar. Já tinha aprendido muito bem que, com ele, quanto mais ela tentava negar, mais ele se esforçava para provar que ela o queria. Ah, e ela amava aquele jogo, sua metade aristocrata e refinada desdenhando, enquanto aos poucos sua metade selvagem ganhava lugar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Lydia lobinha   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Lydia lobinha
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Nyah,lobinha kawai(Leah Clearwater) se apresentando!!

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Pervs RPG :: Florestas e afins-
Ir para: